Portal do Governo Brasileiro

Professor do CT representa a UFSM na Colômbia durante reunião de programa de excelência de ensino superior

Elvis Carissimi, professor do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental, esteve em Medellín, na Colombia, representando a UFSM na reunião de Planejamento para 2018 do projeto Exceed-Swindon*, que possibilita intercâmbio de alunos e docentes. O encontro aconteceu entre os dias 6 e 10 de agosto.

Entramos em contato com o professor Elvis, que contou um pouco sobre sua experiência por lá:

 

NDI: Quais propostas foram apresentadas no evento e quais podem ser implementadas na UFSM?

Elvis: Durante o Encontro Regional da América Latina do Projeto Exceed-Swindon (Latin America Regional Meeting), foi definido o planejamento para 2018​, quanto a proposição de projetos na área ambiental, intercâmbio de alunos e docentes, realização de eventos internacionais e sustentabilidade do projeto. Para a UFSM está sendo pleiteado a realização de um Workshop Internacional com pessoas de todos os continentes, realização de um Encontro Regional Latino-Americano (para programar as atividades de 2019), além do intercâmbio de discentes e docentes que já ocorre na UFSM há muito tempo.

NDI: Qual a perspectiva para futuros intercâmbios?

Elvis: O Projeto Exceed-Swindon tem durabilidade oficial até 2019, e é todo financiando pelo governo alemão (DAAD), e tem promovido o intercâmbio de alunos e docentes que atuam na área ambiental, com o pagamento de passagens aéreas e bolsas de pesquisa.​ Muitos alunos de pós-graduação tem conseguido fazer parte de suas pesquisas no exterior, em laboratórios especializados, conferindo maior profundidade aos seus temas de pesquisa, e, incrementando as publicações internacionais. Certamente, esse intercâmbio vai auxiliar na melhoria dos índices dos programas de pós-graduação.

NDI: Quais Workshops e Visitas Técnicas são interessantes de ser ressaltadas?

Elvis: Nessa edição ressalto o Encontro Regional para planejar atividades de 2018 na Universidad Nacional de Colombia e visita técnica numa barragem de abastecimento de água na cidade de Medellín, com o monitoramento on-line dos parâmetros de qualidade da água e sistema de controle de desenvolvimento de algas.​

NDI: Como foi a experiência de representar a UFSM internacionalmente? Qual a importância dessa representatividade?

Elvis: Eu considero muito importante participar de projetos desta grandeza. Além das atividades de ensino, pesquisa e extensão, toda a ação que ajuda a promover a internacionalização da UFSM, com intercâmbio não apenas físico de pessoas, mas intercâmbio de ideias, projetos e interações com outros grupos é de extrema relevância em todos os sentidos. A UFSM está fisicamente localizada no interior do Rio Grande do Sul, mas possui reconhecimento internacional através de suas ações. Esse reconhecimento amplia nossos horizontes para angariar fundos para o ensino, pesquisa e extensão, e, assim, possibilitar a melhoria da qualidade em todos os âmbitos além da formação de recursos humanos altamente qualificados. A UFSM tem trabalhado muito nesse processo, e, cabe a nós, docentes e discentes, cooperar cada vez mais, buscando novas oportunidades para criar mais possibilidades de envolvimento de todo o corpo acadêmico e técnico.

 

*Saiba mais sobre o Exceed-Swindon

Saiba mais sobre o encontro na Universidade Nacional da Colômbia

 

Texto por Lucas Gutierres, acadêmico de Jornalismo. - Núcleo de Divulgação Institucional do CT/UFSM.